Esportes Comentários

Com Centurión, São Paulo chega a R$ 160mi de lucro em vendas nesta temporada

Agosto 15 / 2017

Isso sem contar no Mecanismo de Solidariedade, que beneficia os clubes formadores com uma porcentagem

Ninguém gastou mais do que o Palmeiras no futebol brasileiro em 2017. Mas os R$ 116 milhões investidos pelo Verdão com reforços não se comparam ao que o São Paulo faturou com a venda de atletas desde janeiro: são R$ 160 milhões de lucro (livres) com as sete transferências internacionais realizadas no ano.

O presidente Leco (foto) vendeu David Neres, Luiz Araújo, Thiago Mendes, Maicon, Lyanco, Centurión e Augusto Galvan, que nem chegou a jogar no time principal – ele estava no sub-17 por R$ 160 milhões são apenas do São Paulo, já que desconsideram o dinheiro repassado a terceiros que detinham parte dos direitos econômicos dos atletas. Centurión foi o último a garantir dinheiro ao Tricolor graças a sua ida ao Genoa, da Itália, por R$ 13 milhões.
O São Paulo ainda pode embolsar mais R$ 20 milhões de acordo com o desempenho de David Neres no Ajax, Maicon no Galatasaray e Augusto Galvan no Real Madrid B. Foi a fórmula que o Tricolor encontrou para ser ressarcido caso atletas em quem aposta se deem bem no exterior.

Isso sem contar no Mecanismo de Solidariedade, que beneficia os clubes formadores com uma porcentagem em cima de todas as vendas futuras. David Neres, Luiz Araújo, Lyanco e Augusto Galvan foram formados em Cotia e estão incluídos neste caso.

No início deste ano, no orçamento para a temporada, o departamento financeiro tricolor estimava que seriam necessários R$ 60 milhões com vendas de atletas para evitar que o clube tivesse prejuízo. O número causava enorme preocupação nas alamedas do Morumbi, pois imaginava-se que somente Rodrigo Caio teria potencial para uma grande transferência




O LUCRO DO TRICOLOR COM CADA VENDA EM 2017:
– David Neres (Ajax-HOL): R$ 40 milhões
– Luiz Araújo (Lille-FRA): R$ 30,1 milhões
– Thiago Mendes (Lille-FRA): R$ 27,2 milhões
– Maicon (Galatasaray-TUR): R$ 26,3 milhões
– Lyanco (Torino-ITA): R$ 21 milhões
– Centurión (Genoa-ITA): R$ 13 milhões
– Augusto Galvan (Real Madrid-ESP): R$ 3,2 milhões

pode render mais R$ 10 milhões
pode render mais R$ 3,7 milhões
pode render mais R$ 6,4 milhões

Os comentários estão desativados para esta matéria.