Tecnologia Comentários

Ethos planeja pay wall para impedir cópias dos rábulas

Setembro 01 / 2017

Site Ethosonline de editorial investigativo , é uma dos mais copiados do pais. Contabilizam mais de 600 mil apontamentos em site de buscas, em apenas quatro meses

Um dos fatores que determina a a indexação de um site ou partal, atualmente, é o tempo de vida do seu domínio. Conforme altera-se de um domínio para o outro, mesmo que você faça os apontamentos, seu site será afetado e reavaliado. Os mecanismos são apontados como assuntos do Google, como o Adwords e o Analytics, por exemplo.
Com este contexto tecnlógico, o Ethosonline, site cuja linha editorial é investigativa e jurídica já prepara um projeto para criar o Pay wall - sistema de assinatura usado pela mídia digital  que permite ao internauta o acesso a conteúdos restritos.
A finalidade visa coibir e impedir diretamente a cópia das informações e conteudos de pessoas de baixo conhecimento intelectual, rábulas e repassadores de nóticias. Verdadeiras pessoas que não coadunam com a ética, a moral e bons prinçipios. Como não conseguem produizr informaç&7869;os junto a seus leitores de orientar a uma política editorial de adequação tecnológica que servem para sintonizar o temário das notícias com o interesse da um jornalismo mais moderno, apropriam-se de informações, sem autorizações legais..
As informações jornalisticas estão abarcadas com base pelos direitos autorais do conjunto de textos publicados no site conforme a Lei 9.610/1998, arts. 5º, VIII, h; 7º, XIII; 11, parágrafo único; 17, §2º; 18 e 87.
Além disso, diante da diminuição das tiragens impressas, os jornais vêm adotando o pay wallem suas versões eletrônicas, na intenção de elevarem suas receitas.
Vale ressalar que o Ethosonline se apega a leitura da Constituição Federal. Não se trata-, contudo, que é uma censura, quando é permitida a liberdade de expressão é “exercida sem consciência, responsabilidade, e com a intenção de caluniar, difamar, injuriar, satirizar ou ridicularizar”.
O inciso IX do artigo 5º diz que “é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença”. Já o parágrafo 2º do artigo 220 diz que “é vedada toda e qualquer censura de natureza política, ideológica e artística”.

Os comentários estão desativados para esta matéria.