Sociedade Comentários

JT analisa se usar atestado para uso de suposta mentira é justa causa

Setembro 26 / 2017

A Justiça do Trabalho- JT em Fernandópolis vai decidir se há danos morais e demissão por justa causa.

A Justiça do Trabalho- JT em Fernandópolis vai decidir se há danos morais e demissão por justa causa a favor de uma funcionária, demitida de um supermercado por omissão de verdade. Ela recebeu um atestado médico para não trabalhar em uma sexta-feira. No receituário, alegou tratamento depressivo. No entanto,em vez de ficar em casa para repouso de tratamento, foi cantar e dansar com o marido. Ao saber da alteração comportamental, a empresa demitiu-a por justa causa
Geralmente, a demissão se dá em razão do comportamento irregular, incompatível com a permanência no emprego. Com o flagrante objetivo do empregado se beneficiar mediante fraude, o que deu causa à demissão nos termos do artigo 482 da CLT. pode ser levado em consideração..

Os comentários estão desativados para esta matéria.