Esportes Comentários

Comissão do São Paulo, de olho no Goleador do Sub 20, que é de Fernandópolis

Julho 22 / 2016

Destaques nas categorias de base, Pedro Bortoluzzo se destaca nos treinos entre os profissionais, aproveita brechas no elenco e agrada a Edgardo Bauza

O São Paulo contratou Gilberto e o argentino Andrés Chávez para suprir as ausências de Calleri e Kardec, mas a solução para o ataque pode estar sendo formada em casa. Destaque do time sub-20, o garoto Pedro Bortoluzzo tem se destacado nos treinos e, por isso, passou a receber tratamento especial da comissão técnica tricolor.

O centroavante já havia sido inscrito pelo clube para a fase final do Paulista e também na Taça Libertadores. Na última quinta, jogou no time reserva no coletivo comando por Bauza e marcou dois gols. Mostrou serviço justamente em um momento de dúvidas sobre o setor ofensivo do São Paulo.
– Desde a inscrição no Paulista acredito que mudou muita coisa.

Estou com mais chances na equipe profissional e as pessoas já olham com bem mais atenção para o meu trabalho. Mas continuo trabalhando da mesma forma na base e buscando sempre fazer os meus gols lá, com a mesma dedicação de sempre – explicou o garoto.

Pedro ainda não está fixo entre os profissionais. Na transição entre os CTs de Cotia e o da Barra Funda, segue balançando as redes pelo time sub-20. O atacante é o artilheiro da equipe no Brasileirão da categoria, com seis gols, e também já marcou na Copa Paulista, competição profissional que o São Paulo disputa com a equipe de base.

Responsável por orientar os atletas menos experientes, como vem fazendo com Luiz Araújo, o auxiliar técnico Pintado já começou a trabalhar com Bortoluzzo.Tenho um pouco mais de amizade com o pessoal que era da base, como o Lyanco, Auro, Luiz Araújo e Artur, mas o pessoal de um modo geral é bem acolhedor e sempre conversa comigo. O Pintado vem sempre falando no que posso melhorar e me incentivando nos treinos que faço no profissional – contou.

Técnico do time sub-20, André Jardine acredita que o jogador tem potencial para ser a referência do ataque são-paulino nos próximos anos. Ele compara Pedro a Felipe Vizeu, destaque da base do Flamengo que já ganhou espaço entre os profissionais.

– O Pedro é um centroavante, atacante de área mesmo, finaliza bem e tem um excelente cabeceio. Como também já jogou de meia, sabe fazer uma tabela e se coloca bem no campo. A melhor comparação é com Felipe Vizeu, do Flamengo. Eles se enfrentaram na Copa São Paulo, são bem parecidos – avaliou o técnico.

Os comentários estão desativados para esta matéria.