Esportes Comentários

Acordo com a Caixa amplia ao Corinthians pagamento de R$ 720 mi em 20 anos

Janeiro 12 / 2017

Valores servem para o pagamento do estádio. Antes eram R$ 400 milhões.

O presidente do Corinthians, Roberto Andrade, e seu diretor de finanças, Emerson Piovesan, comemoram novo acordo para o pagamento de R$ 400 milhões tomados junto ao BNDES, intermediados pela Caixa Econômica Federal- CEF.Não deveriam.
Se antes o clube teria que pagar R$ 5 milhões mensais no prazo de 12 anos, agora pagará R$ 3 milhões, alongados para 20 anos.Em ambos os casos, o valor principal salta de R$ 400 milhões para R$ 720 milhões.
Há ainda a incidência de juros, variáveis ao longo das duas décadas, que deverão ser pagos retroativamente (período em que o clube ficou sem quitar as parcelas para esta negociação) e por oito anos a mais do que estavam previstos.A Caixa bateu o pé e a promessa do Corinthians de reverter o quadro (ficar com 50% da renda) caiu por terra.

Os comentários estão desativados para esta matéria.