Empresa de medicamento cobra Prefeitura por atraso de 338 dias

Novembro 23 / 2017

Enquanto isso, administração, em Fernandópolis, consome mais de R$ 30 mil por mês com publicações em jornal impresso.

Uma empresa de medicamentos foi à Justiça para cobrar o atraso,por meio de execução de débito a Prefeitura de Fernandópolis. De acordo com a ação a administração não pagou a Ciamed Distribuidora de Medicamentos, com sede em Encantado/RS,a compra de medicamentos para suprir a demanda da Atenção Básica dos cidadãos
"Acreditamos que será espantoso para Vossa Excelência saber que alguns desses atrasos foram superiores há incríveis 338 dias, como o relacionado a Nota Fiscal n.º 13331, cujo vencimento estava previsto para o dia 07.08.2011 e o efetivo pagamento somente ocorreu no dia 10.07.2012. Por mais absurdo que possa parecer, tal fato é verdadeiro", escreveu a ação ordinária de cobrança, assinada pelo advogado,Luciano José Moresco. No pedido quer que seja julgado procedente o presente pedido para que se condenem a administração no pagamento dos valores originários da inexecução parcial dos contratos de fornecimento de medicamentos, devidamente corrigidos monetariamente, com a incidência de juros legais, mais a multa de 5%, decorrente da inadimplência
O valor é de R$ 14.534,65

Os comentários estão desativados para esta matéria.