Meio Ambiente Comentários

MP-MT pede indisponibilidade de bens em R$ 627 mil contra fazendeira de fernandópolis

Janeiro 11 / 2019

A ação foi subscita pela promotora de justiça, Tereza Fernandes, de B]Nova Guarantâ, no Mato Grosso.

O Ministério Público de Guarantã do Norte (MT) ingressou com uma ação de improbidade administrativa contra uma moradora de Fernandópolis que possuiu uma propriedade rural no município. Contra M.R., por meio do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente- Ibama-e elaboradas pelas técnicas de gerenciamento geoespaciais do Centro de Sensoriamento Remoto, comparou imagens obtidas nas datas de julho de 2003,agosto de 2003 e julho de 2007,a supressão de 43,06 hectares de matas nativas . O imóvel fica localizado na zona rural de Novo Mundo- MT. Conforme relatório da autarquia ambiental a vegetação suprimida foi indentificada e pertence a proprietária que reside em Fernanopolis. Pelos autos de infração, o Ministério Público,pediu dados morais coletivos de R$ 220 mil, além disso, pediu a decretação dos bens dela, estimados em R$ 627.969,82.
A ação foi subscrista pela promotora Tereza de Assis Fernandes.

Os comentários estão desativados para esta matéria.