Empresas Comentários

Mais de 91 milhões de brasileiros estão no vermelho e deixaram de pagar pelo menos uma conta em abril

Abril 20 / 2020

Os brasileiros acumulam contas atrasadas de aluguel, telefone, cartão de crédito, mensalidades escolares e outros itens. Dinheiro: quantidade de brasileiros essas dívidas ou contas em atrasos ficou em 25,3% (Cristiano Babini/Getty Images)

Pesquisa do instituto Locomotiva, publicada neste domingo por O Estado de S.Paulo, aponta que 91 milhões de brasileiros deixaram de pagar neste mês pelo menos uma das contas referentes ao consumo de março.

“A covid-19 chegou na reta final de uma crise econômica e encontrou uma população sem poupança”, afirma o presidente da Locomotiva, Renato Meirelles, explicando que o brasileiro não pagou as contas porque, na falta de uma reserva financeira, o dinheiro acabou. “Quanto menor a renda, maior o endividamento relacionado a contas mais simples, como água, luz, aluguel ou carnês. Nas classes A e B, os destaques ficam para o cartão de crédito e mensalidades escolares”, diz Meirelles.

De acordo com a pesquisa, cada brasileiro, em média, deixou de pagar quatro contas, sendo que as consideradas não essenciais estão entre as mais frequentes, como carnês ou crediários de lojas e empréstimos com instituições financeiras , informa o Estadão.Já o percentual de famílias com dívidas em cheque pré-datado, cartão de crédito, cheque especial, carnê de loja, empréstimo pessoal, prestação de carro e seguro alcançou 66,6% em abril, ante 66,2% em março, conforme a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic)

Os comentários estão desativados para esta matéria.